quinta-feira, 1 de agosto de 2013

DÉBORA,UMA MULHER MARAVILHOSA


A Palavra de Deus fala em Juízes capítulo 4, sobre a história de uma mulher maravilhosa chamada Débora, que foi profetiza, esposa, mãe, conselheira e uma peça chave em um momento crucial para a nação de Israel. Sabem por que?
Algo estava para acontecer em seu país, havia uma batalha travada com seus inimigos e não havia quem se importasse com tudo o que estava acontecendo. Ninguém até que uma mulher se levantou e disse: Existe mãe em Israel! Isso mesmo, Débora se despertou para aquela situação, se importou com aquele problema mesmo que este não fosse dela.
Muitas vezes nós também nos deparamos com situações delicadas, conflitos, doenças, desemprego, fim de relacionamento… e a nossa primeira reação é: ‘ Não tenho nada a ver com isso! ou ‘ Ainda bem que não é comigo!
Mas há uma grande diferença em se intrometer em situações alheias e se posicionar/importar com a dor do outro. O Senhor espera que seus filhos façam como Débora e se despertem: se importem, orem, clamem e pelejem por aquela causa mesmo que você não esteja sentindo a dor em sua pele.
Se a sua amiga esta com um problema conjugal e você decide se importar com a dor dela e ajudá-la mas não sabe como, saiba que: você pode fazer com a sua oração um caminho para o seu marido andar!
As coisas continuarão um caos até que alguém pleitei dia e noite por uma solução, insista em clamor e suplica, sempre!
Se pararmos para analisar este capítulo bíblico, veremos mais outras qualidades desta mulher tão bela aos olhos de Deus e uma delas é que, ela era levita, compunha e cantava hinos ao Senhor. Enquanto Baraque ia a luta (física) com a espada em suas mãos, Débora ia a luta (espiritual) cantado hinos de louvor ao Senhor, na certeza de que enquanto ela o louvava o Senhor pelejava por eles!
Há uma música do Ministério Além que retrata este episódio quando diz: ‘ Somos um exército que vence com o louvor!
Pois, a realidade espiritual move a realidade terrena.
Queridos, nós podemos muito em oração!
Eu não sei em qual situação você se encontra agora, e também não sei como estão as coisas em sua volta e o quê o Senhor está tentando te mostrar para que você se importe.
Mas assim como eu, este exemplo de mulher nos convida hoje a nos despertar como cristãos! E se nós não soubermos o que fazer, que estas palavras seja a nossa declaração de obediência ao Senhor:
O que eu posso fazer por essa situação? Comece a orar e você verá que o Senhor te dará a direção!
Apenas desperta-te!
Desperta, desperta, Débora (troque pelo seu nome), desperta, desperta, entoa um cântico; levanta-te, Baraque, e leva presos os teus cativos, tu, filho de Abinoão.  Juízes 5:12
Jessica Rabelo

 

Um comentário:

  1. Graça e paz do Senhor Jesus, nosso Amado Salvador, querida irmã Nilza!

    Fiquei feliz com a sua volta para a UBE. Lá tem muitos irmãos em Cristo que tenho muita estima! Assim como você!

    Fui direto para o seu site, mas não encontrei onde deixar o comentário. E também não achei caixa de seguidores para seguir. Mas gostei muito do conteúdo do seu site, que bênção é poder ministrar às crianças, eu fui um dia na minha infância, ministrada por professores de escola dominical, e era e ainda é uma bênção na minha vida! Hoje posso ver o quão é importante ir plantando a semente, ir mostrando que Deus nos dá a Sua Palavra e a oração para termos comunhão, para termos um relacionamento com Ele e para vivermos uma vida em santidade, hoje vejo a importância na aplicação de tais ensinos na vida do meu filho (7 anos), que esperamos bastante para decidirmos te-lo (já vamos fazer 21 anos de casados).

    Resolvi vir primeiro aqui neste blog conhecer. Mas outra hora com tempo quero visitar os outros.

    Continuem sempre, você e sua colaboradora, sendo instrumentos nas mãos de Deus para trazer textos que nos lembrem de que devemos cumprir a Bíblia em tudo o que ela orienta: o orar uns pelos outros é uma coisa que sinto que tem ficado um pouco esquecida, no geral, não falo de uma igreja ou de outra, falo por parte de pessoas. Você veja a situação pela qual passou aquele menino Bernardo lá no RS, situação horrível que poderia ter sido evitada, pois têm aparecido muitas filmagens que vizinhos fizeram e que só agora a polícia deve estar liberando para a imprensa. Mas este caso era gravíssimo, era para alguém ter coragem e denunciar os maus tratos que o menino vinha sofrendo, além de que era uma situação que necessitava de muita oração. Então, vejo a importância de se orar pelas dores, pelas dificuldades que ficamos sabendo que outros irmãos têm sofrido e nos falam, e até mesmo pessoas não convertidas ainda a Jesus, mas que pedem oração por algum motivo, devemos dar a devida importância à oração, e neste caso específico, devemos pedir a Deus para ajudar a pessoa naquele problema e também para alcanca-la, visita-la com o Seu amor, para que ela possa vir a pertencer a Jesus.

    Deus abençoe muito e sempre vocês!

    Em Cristo, com amor

    Claudia Paiva
    Http://www.blogdosultimos.blogspot.com

    ResponderExcluir