sábado, 23 de outubro de 2010

“A mulher virtuosa, quem a achará?








As palavras de Lemuel: Cap.31

Lemuel significa “Dedicado a Deus”. Ele recebeu sábios ensinos de sua mãe. Ele transmite aquilo que aprendeu com sua mãe. (Pv. 31:1).

No v.1: a 9 - Lemuel ressalta o valor de preservara integridade e moral de cada indivíduo. O cuidado do homem em relação às prostitutas, o cuidado com a sobriedade e o cuidado com a justiça e a ordem.

V.10 ao final deste Lemuel fala sobre A mulher
 virtuosa. 
Estes versículos descrevem a esposa e mãe ideal.
É uma mulher de caráter nobre, com grande sabedoria, muitas habilidades e de grande compaixão pelos necessitados, dedicação e amor à sua família. “Além de uma excelente dona de casa, esposa e mãe, zelosa, fabrica, importa e vende produtos, faz tapeçaria e confecciona roupas para sua família, gerencia seus recursos financeiros, compra e vende imóveis, planta e colhe na lavoura”. Toda sua vida converge para um reverente temor de Deus Porém sua força e dignidade não vêm de suas surpreendentes realizações, é resultado de sua reverência a Deus.

V. 10 – “A mulher
 virtuosa, quem a achará?O seu valor a muito excede o de finas jóias”.
 Nós como servos do Senhor, segundo o coração de Deus, devemos ter valores preciosos, para que Jesus a Pedra Principal, possa edificar a sua obra, na Sua Casa, usando a nossa vida.
V. 11 – “O coração do seu marido está nela confia nela, e não haverá falta de ganho”. Nossas virtudes alcançaram a confiança de Deus, e por isso ele nos entrega serviços na Casa de Deus para o engrandecimento do “Reino dos Céus”.

V. 12 – “Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida”. Devemos estar preocupados com a obra do Senhor e exercendo o amor, a caridade e o perdão.

V. 13 –
 “Busca lã e linho e trabalha de bom grado trabalha com as mãos”. Nunca cansamos de ir atrás das almas perdidas para levar para que Jesus lave com seu sangue a lã deste manchada de pecados e o próprio Jesus providencia para eles vestes de “linho especial”. Devemos trabalhar sempre com alegria e boa vontade, glorificando a Deus em tudo.

V. 14 – 
“É como o navio mercante: de longe traz o seu pão”. Devemos estar aptos para levarmos o Pão da Vida a milhões de almas perdidas.

V.15 –
“Ainda de noite, se levanta e dá mantimento à sua casa e a tarefa às suas servas” Trabalhando à hora e fora da hora, de dia e de noite, pregando a Palavra, além de distribuir tarefas aos nossos auxiliares e companheiros da obra de Deus.

V.16 –
 “Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos”. Devemos estar sempre atentos as novas oportunidades que Deus nos proporciona para abertura de novas fontes de trabalho.

V.17 –
 “Cinge os lombos de força e fortalece os braços” Incansáveis na causa do Senhor, pois é Deus quem renova nossas forças.

V.18 –
 “Ela percebe que o seu ganho é bom; e a sua lâmpada não se apaga de noite.” Alegramos com o Senhor pelo êxito de nosso trabalho, mas mesmo com tantas vitórias, não devemos deixar de buscar o Senhor nas caladas da noite.

19 - “Estende as mãos ao fuso, e as palmas das suas mãos pegam na roca”. Nossas mãos estão sempre prontas para ajudarmos em alguma tarefa na Casa de Deus.

V.20 –
 “Abre a mão ao aflito; e ainda estende ao necessitado”. Socorro ao aflito e atribulado de espírito, suprindo as suas necessidades físicas.

V.21 – 
“No tocante à sua casa, não teme a neve, pois todos andam vestidos de lã escarlate”. Possuímos recursos espirituais e materiais para qualquer momento socorrermos obreiros necessitados.

V.22 - 
“Faz para si tapeçaria; de linho fino e de púrpura é a sua veste”. Usa métodos para pregar a Palavra de Deus, podendo usar até a própria vida como testemunho. E todo final de trabalho seremos revestidos de poder.

V.23 – “Seu marido é estimado entre os juízes, quando se assenta com os anciãos da terra”.
 Rebanho destacado diante da igreja pela unção espiritual que possuímos ao se apresentar ao público..

V.24 – 
“Faz roupas de linho fino, e vende-os, e dá cintas aos mercadores”. Somos tão cheios da graça de Deus, que temos condição de fornecermos ensinamentos ao mais próximo e de lugares distantes.

V.25 – 
“A força e a glória são as suas vestes, e ri-se do dia futuro”. Somos colunas fortes. A adversidade diárias não nos pode derrubar. Isto porque somos revestidos da glória do Senhor. E quando pensamos no futuro, alegraremos pela esperança inabalável de entrar na cidade Santa pelas portas

V.26 - “Abre a boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua”. Devemos ser sábios, mas em Jesus. 

V. 27 – 
“Olha pelo governo de sua casa e não come o pão da preguiça”. Procurando ser cuidadosos, zelosos e incansáveis na obra do Senhor. 

V.28,29 –
 “Levantam-se seus filhos, e chamam-na bem-aventurada; como também seu marido, que a louva, dizendo. Muitas filhas agiram virtuosamente, mas tu a todas és superior”. Todos que estão perto de nós tem uma grande estima pela pessoa que somos, e o dono da obra, para quem realizamos nosso trabalho, que é o Senhor Jesus , nos tem como um perfume precioso diante de todos os homens.

V.30, 31 - 
Enganosa é a graça, e vaidade, a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa será louvada. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e louvem-na nas portas as suas obras.

Uma pessoa preparada, o próprio senhor Jesus dirige as seguintes palavras: Tu a todos és superior; porque és capacitado por mim.

Certamente nem toda esposa e mãe tem todas as qualidades declaradas aqui. Mas toda esposa deve procurar servir a Deus, à sua família e ao próximo conforme os talentos e os recursos materiais que Deus lhe deu. 
Por Nilza Cardoso



2 comentários:

  1. Seu blog e espetacular com coisas muito legais e eu estou te seguindo q é para não perder nada de vista!!

    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com/

    bjs

    ResponderExcluir
  2. que bom amiga Deus te abençoe muitíssimo

    ResponderExcluir